Congada Divino Espírito Santo

Posts Tagged ‘congada de piracicaba

CAETANO PROVENZANO É HOMENAGEADO PELOS VEREADORES DE PIRACICABA!

Fonte: Acervo GRUCONDESPI-RLESSA

DIA 30DE AGOSTO DE 2011 NOSSO RrEI DA CONGADA SERÁ HOMENAGEADO PELA CÂMARA DOS VEREADORES ÀS 19H30, POR REPRESENTAR O REINADO NA CONGADA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO DE PIRACICABA- GRUCONDESPI E POR SUA ATUANTE PARTICIPAÇÃO HÁ MAIS DE CINCOENTA ANOS DANÇAMNDO EM NOSSO GRUPO RELIGIOSO, FOLCLÓRICO.

 Um de nossos mais antigos componentes do grupo de Congada do Divino de Piracicaba, eleito por todos como o Rei da Congada, Caetano Provenzano tece em seu reinado com a delicadeza daquele que tem na vida sua maior fonte de saberes, o que representa a continuidade da transmissão dos saberes através da oralidade e sua experiência de vida prática.

Mais que um Rei, tornou-se um símbolo diferenciado pela sua forma galanteadora e respeitosa de tratar todos de seu reinado. Muitas vezes é no silêncio que habita sua maior sabedoria, pois esconde em seu olhar cabisbaixo e tímido a fórmula quase que mágica de conquistar seu “povo” e isso ele o faz com mestria.

Fonte: Acervo GRUCONDESPI-RLESSA

Soberano que é, preocupa-se com o bem estar de sua corte, seu povo: o povo da Congada!

Lá vem ele, com um misto de andar dançante que permeia toda sua historicidade na Congada do Divino Espírito Santo de Piracicaba desde o tempo de João Chiarini que trouxe a Congada para nossa Noiva da Colina; sem soberbas ou atitudes que desagrade o grupo como um todo, pois representa esse coletivo folclórico religioso cultural que resiste  ao tempo e ao progresso. É um dos poucos remanescentes daquele tempo… “Êta memória Viva!”

Seu maior legado ao grupo é seu olhar, seu encanto pessoal, coisa que faz parte de uma aristocracia diferenciada da Congada do Divino Espírito Santo de Piracicaba!

Fonte: Acervo GRUCONDESPI-RLESSA

Um pouco mais desse nosso Rei:

Nasceu no município de Piracicaba em 11 de julho de 1941 dança congada desde o ano de 16 de outubro de 1950, época em que a congada ensaiava na antiga  e tão popular Rádio Educadora, no início da década de 60.

Na sequencia os ensaios passaram a ser na “Pinacoteca de Piracicaba”, e as apresentações eram realizadas em festas folclóricas, religiosas e muitas vezes foi objeto de pesquisa da academia que procura sempre a Congada do Divino como representante do folclore ativo do município de Piracicaba e Caetano entre os demais é um dos mais e representativos ícones do GRUCONDSPI.

Sempre ressalta amar a cidade e principalmente o nosso time de futebol: o XV de Piracicaba que em mimos e a camiseta oficial que grada como verdadeiras relíquias pessoais.

Fonte: Acervo GRUCONDESPI-RLESSA

Frequenta  muitas festas principalmente o de terceira idade e os ventos de sua paróquia de São Sebastião, em seu bairro, pois é muito religioso; de vez em quando segue em direção ao rio Piracicaba com sua varinha de bambu e pesca uns peixinho que exibe como troféu e claro, faz uma “fritadinha”, mas alerta, sempre vai pescar quando é época de pescaria, pois respeita a lei e o ciclo da natureza.

Dia 30 de agosto de 2011, nosso Caetano Provenzano fora homenageado pela Câmara Municipal de Piracicaba em nome da Congada do Divino Espírito Santo.

Fonte: Acervo GRUCONDESPI-RLESSA

Esse é Caetano, nosso rei da Congada: Congada do Divino Espírito Santo de Piracicaba!

Por: Roberta Lessa

Coordenadora GRUCONDESPI

Salvaguardar a cultura tradicional de um povo é reafirmar o respeito no coletivo da sociedade que se vive!”

Anúncios

Em conversa com um grupo de pessoas comentei o termo “Guardião da Tradição”, curiosos indagaram-me, alguns espantados, outros distantes, e chegou a hora do questionamento; então a paixão por esse dez-licioso tema aumiou minha fala que perambulou por entre o ser e o se sentir ser um verdadeiro guardião:

Um guardião não se faz, ele nasce guardião, peço licença para parodiar as falas de meu amigo, mui amado e saudoso Abel Bueno. É algo inerente naquele que em suas ações deixa explicito seu compromisso e profundo respeito no doce limiar da evolução de uma história, de um povo, de um lugar, de um objeto. É como se pulsasse no peito desse mágico ser, a volúpia em dar continuidade áquilo que representa uma estrutura ancestral, talvez até mesmo sua própria estrutura.

Foto: Fátima-Voluntária do Divino

Não há mecanismos ou engenhocas que consigam capitar essa essencia, pois é viva e não se ata em imagens ou se prendem à artificial sonoridade de um gravador; por mais que os burocratas da cultura o tenham tentado.
Poucos são aqueles que conseguem captar a essencia de um guardião da tradição com sua arte, os que o fazem, certamente deixaram de lado a titulação de artista, para transgredir a alma do consumo desenfreado e muitas vezes destruidora, e transmutá-la em alma luminosa, dando-nos a chance de recomeçar o ciclo da vida cultural com olhar mais depurado.
Assim ocorre a bela foto, imagem inerte, mas que tem tanta energia que nos parece querer a vida em seu bojo. assim ocorre com a película que abarca muito além de simples perpectivas tecnicamente justapostas, para se tornarem poesia em movimento. Assim ocorre com o som audível apenas àqueles que permanecem artisitcamente incorruptíveis, pois detem a pureza do ouvir e sentir prazer no coachar de um sapo, no vento que balança a folha no alto da árvore, no arrepio delicioso de um banho de chuva com os pés descalços a pisar em poças dáguas… e muito mais… muito mais…
O olhar de um guardião não é tão somente o físico, mas vem do coração espiritual, que pulsa no ritmo da esperança de continuidade; desse olhar muitas vezes vertem lágrimas de prazer em ser junto à uma manifestação popular tradicional e jamais estar, pois ser é diferente de estar, enquanto um ocorre pela continuidade de sentidos e formas, o outro é perene e se esvanece nas tendências das circunstancias ideológicas  que a vida propicia.

Foto: Naan Silva

Um guardião não é um prêmio a ser dado institucionalmente, mas uma história construída junto de pares. A-R-T-E-S-A-N-A-L-M-E-N-T-E! Gerando uma simbiose amorosa com aquilo que se nutre profundo respeito e desejo de salvaguardar, sem que para tal seja cobrado qualquer taxa de  prestação de serviço.
O guardião sabe que há coisas e atos que jamais são mensuráveis financeiramente e muitas vezes doa a esse bem o que tem, para que o mesmo possa continuar e/ou se perpetuar para a sociedade. SABE QUE HÁ DIFERENÇAS ENTRE FAZEDORES DA CULTURA POPULAR E OS ATRAVESSADORES DA MESMA
Inexiste critérios, fórmulas ou atalhos para ser um guardião, é como se o céu elegesse alguns afortunados, provendo-o com a insanidade peculiar de doar-se à um local, objeto, pessoa, grupo ou planeta. Tens em suas mãos a secular calosidade daquele que esculpe a memória no dia a dia de sua vida.
O guardião jamais é eleito, impossível ser catalogado, muitos séticos desacreditam de sua existência, pois nosso sujeito em questão tem por habito habitar nas entrelinhas das manifestações, cerzindo com docura e amorosidade, o tecido rústico, muitas vezes roto, que serve de pano de fundo para a cultura popular brilhe em todo seu explendor.

Fonte: Internet

Não há salários, mas gratidão daqueles que são protegidos por um guardião, mas é perceptível a gratidão sob forma de abraços, olhares doces, cumplicidade, um simples aperto de mão e cheio de significados, ou uma marota e generosa colherada daquele doce de abóbora  com coco apurado no tacho de cobre, por sobre um fogão de lenha e essa lenha a criptar, como se soubessem o valor de um guardião…
Quanto isso vale para você? Esse saborear o cheirinho que vem em companhia daquela receita que passou da avó, da avó da bisavó…
Onde estão? Em todos os lugares e em lugar nenhum… São amigos de sacis, de iaras, acreditam no vento que sobra a previsão de chuva, riem daqueles que pensam que sabem e fazem questão de demonstrar sua pseudo sabedoria…
Como detectá-os, apenas sendo um deles, pois somente os iguais é que reconhecem, mas aviso aos falsificadores de etiquetas culturais: nem mesmo os guardiões o sabem sê-los, pois apenas o são… E se ousam colocá-lo em evidência, perde-se um possível elo que seria gerado em prol da cultura popular.

Fonte:Internet

UM ABRAÇO A VOCÊ GUARDIÃ(ÃO) QUE SABE SÊ-LO!

ROBERTA LESSA – Coord. Congada de Piracicaba

FOLCLORISTA HUGO PEDRO CARRADORE

FALECEU, DOMINGO DIA 10 DE OUTUBRO ÀS 03H00,  O FOLCLORISTA
HUGO PEDRO CARRADORE – SEU VELORIO REALIZOU-SE NA CÂMARA MUNICIPAL DE  PIRACICABA, SEGUINDO PARA O CEMITÉRIO DA VILA REZENDE – PIRACICABA – SP  AS  16H30

Deixa-nos professor, segues Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, vai-te jornalista, continues poeta, vibre contista, deixa-nos folclorista, ergue-te historiador, transmute teatrólogo, supervisione de onde estiver  a cultura de seu povo que hoje está órfão de pedro….

Hugo incansavelmente buscou a expressão maior do folclore… transformando-se gradativamente um dos mais bravios guardiões das manifestações cuturais de piracicaba. estrabeleceu critérios, esclarecendo a todos a necessidade de maior compromisso para com a verdadeira síntese que o folclore representa no mítico da humanidade.

sim… sempre com esse compromisso de vida, o resultante de suas pesquisas sempre eram tecidos literariamente e ofertados sob a forma salutar de suas singulares “escrevinhações”. nesse tear mental magistralmente nos reportava à épocas imemoriais e saudosas… Deliciosos hiatos cultivados entre o tempo e o espaço da memória da gente. Hugo sabia realmente valorizar o que há de mais mítico na vida cultural: o folclore

desprovido do bairrismo solitário e separativista de muitos, ele ampliava saberes populares com a mescla daquilo que pesquisava, tecendo pontes, arcos e fatos, interligando-os sabiamente…

Hugo aPedrejava Carradoramente a alma da noiva da colina, instigando-a à fazer-se presente no dia a dia do piracicabano. aliou-se ao nada paupável universo da memória, fisicalizando a necessidade de salvaguardar e dar continuidade à todas as manifestações culturais  oriundas do âmago desse povo que adotou como seu.muitas delas sobrevivem até hoje, graças a guerreiros como ele.

Hugo Pedro Carradore deixa seu legado, e com ele a esperança de maior valorização do folclore enquanto expressão cultural de um povo que se faz presente em seus mitos, ritos, tradições,  enfim, é “fazedor” das manifestações culturais de piracicaba. sempre afirmava:

“para conhecer a natureza de um povo, é necessário voltar os olhos à sua origem, ao seu território e ao seu clima, pois, só assim, poder-se há entender os seus costumes, sua índole e seus ideais”.

(hugo pedro carradore  1930/2010)

 

(homenagem da Congada do divino espírito santo de piracicaba)

PAZ, HARMONIA, SABEDORIA, EQUILIBRIO!
ROBERTA LESSA

REVELANDO SÃO PAULO 2010

A CONGADA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO DE  PIRACICABA ESTEVE NESTE  DOMINGO, 19/09/2010,  EM SÃO PAULO  REPRESENTANDO  A “NOIVA DA COLINA” NO PARQUE DO TROTE/MART CENTER- VILA GUILHERMINA/SP. PARTICIPOU DA 14ª EDIÇÃO DO  MEGA EVENTO “REVELANDO SÃO PAULO”, ONDE MANTEVE CONTATO COM AS DIVERSAS MANIFESTAÇÕES FOLCLÓRICO-CULTURAIS  EXISTENTES  NO INTERIOR PAULISTA.

NAAN ENTREVISTA DONA TICA

NOSSO VIDEOMAKER NAAN SILVA ENTREVISTA DONA TICA – RAINHA DA CONGADA… VISANDO SALVAGUARDAR A HISTÓRIA DO GRUPO DE CONGADA. NAAN  REALIZOU O DOCUMENTÁRIO “MÃOS QUE CONSTRÓEM A CONGADA”, À DISPOSIÇÃO NO YOUTUBE:

PARTE I –  http://www.youtube.com/watch?v=LfMthD_LFg8&feature=player_embedded
PARTE II – http://www.youtube.com/watch?v=iCAibV8x6LU&feature=player_embedded
FOTÓGRAFO ANDRÉ COVOLAM

ANDRÉ COVOLAN FOTOGRAFA AS NUANCES DA CONGADA COM A COMPETÊNCIA DE SEU OLHAR ARTÍSTICO. FELICIDADE PARA A CONGADA… É AUTOR DE VÁRIAS FOTOS QUE FORAM EXPOSTAS NA EXPOSIÇÃO “MÃOS QUE CONSTRÓEM A CONGADA”, REALIZADA EM JULHO/2010 NO CASARÃO DO TURISMO – RUA DO PORTO NO MUNICÍPIO DE PIRACICABA-SP. SUA FOTOS SÃO DE UMA SENSIBILIDADE QUE NOS DEIXA ATÔNITOS E ADMIRADOS COM SEU GRANDE  TALENTO.

A IRMANDADE DO DIVINO DE PIRACICABA BEM REPRESENTADA PELO CASAL SERGIO E EDUARDO NEVES

A IRMANDADE DO DIVINIO ESPIRITO SANTO DE PIRACICABA ESTEVE PRESENTE ATRAVÉS DO SIMPÁTICO E AMÁVEL CASAL: TELMA E EDUARDO NEVES, QUE ESTEVE CONOSCO, APOIANDO-NOS NOS EVENTOS QUE PARTICIPAMOS: COMO NÓS, LEVANTAM A BANDEIRA DA FÉ NO DIVINO ESPÍRITO SANTO. DAMOS GRAÇAS  A DEUS POR ESSE CASAL ESTAR CONOSCO:  JÁ FAZEM PARTE DA FAMILIA DE CONGADEANTES…

FAMOSOS BONECÕES DE PAPIER MACHE

UMA PROFUSÃO DE PESSOAS ENVOLVIDAS DIRETA OU INDIRETAMENTE COM AS MANIFESTAÇÕES  FOLCLÓRICO-CULTURAIS, O LOCAL FOI PALCO DE UM MISTO DE CULINÁRIA, ECUMENISMO,  BAILADOS, LITERATURA, ARTES PLÁSTICAS, ARTESANATO E MUITO MAIS; NUM ENCONTRO GIGANTESCO UNINDO  CIDADES INTERIORANAS  DO SUL AO NORTE DO ESTADO DE SÃO PAULO. E EU NÃO PODERIA DEIXAR DE TIRAR ESSA FOTO JUNTO DESSES MARAVILHOS BONECÕES.

CAETANO VIBRA COM NOVOS AMIGOS

NOSSO REI DA CONGADA, CAETANO PROVENZANO, NÃO MEDIU ESFORÇOS PARA INTERAGIR COM OS CONGADOS  QUE PARTICIPARAM DO REVELANDO SÃO PAULO… GALANTE, APAIXONOU TODOS COM SUA PROSA BEM CAIPIRACICABANA. ESSE “MOCINHO SAPECA” SEMPRE CATIVA A GENTE , PARA MIM ELE REFLETE O CARISMA DE NOSSO GRUPO QUE É TÃO AMADO E RESPEITADO POR ONDE PASSAMOS.

O GRUPO JUNTOS POR PIRACICABA PELO DIVINO

NOS SENTIMOS MUITO HONRADOS POR REPRESENTARMOS PIRACICABA NESSE ENCONTRO DE CONGADOS, MAIS UMA FORMA DE DIFUNDIR ENOSSA FÉ  E AMOR AO DIVINO ESPÍRITO SANTO.

VINDE DIVINO ESPÍRITO SANTO!

 REAFIRMAMOS NOSSA FÉ NO DIVINO ESPÍRITO SANTO, TERCEIRA PESSOA DA SANTISSIMA TRINDADE. NOSSA FÉ SUPLANTA TUDO. DEUS SEMPRE ESTARÁ CONOSCO E É NELE QUE RESIDE NOSSA FORÇA.

INEXPLICÁVEL?  TODA A CONGADA EXISTE PELA FORÇA FÉ,  CORAGEM E PRINCIPALMENTE PELA AMIZADE SINCERA QUE EXISTE EM CADA COMPONENTE ATIVO DE NOSSO GRUPO.  BEIJO A TODOS… 

  CONTAMOS COM O APOIO DE :

NAAN SILVA-VIDEOMAKER E FILHO AMADO!

ANDRÉ COVOLAM-FOTÓGRAFO DAS EMOÇÕES!

PREFEITURA DE PIRACICABA

 QUE NOS FORNECEU A CONDUÇÃO PARA IRMOS AO EVENTO!

O PESSOAL DA CONGADA TAMBÉM MANDA UM BEIJO PARA O MOTORISTA ROGÉRIO: UM VERDADEIRO ANJO QUE DIRIGIU O ÔNIBUS. PROFISSIONAL DE PRIMEIRA LINHA QUE DEMONSTROU, RESPEITO,  CUIDADO, SIMPATIA E IMENSO CARINHO COM NOSSO GRUPO. AH… E TAMBEM CONQUISTOU O CORAÇÃO DE  TODAS NOSSAS “MOCINHAS CASADOIRAS”  QUE NÃO SE CANSAVAM DE LEVAR LANCHINHO PARA O “RO” (HIHIHI)

CONGADA DE PIRACICABA NO YOU TUBE!

ACESSE-VALE A PENA!

PARTE I

http://www.youtube.com/watch?v=LfMthD_LFg8&feature=player_embedded

PARTE II

http://www.youtube.com/watch?v=iCAibV8x6LU&feature=player_embedded

PARTE INTEGRANTE DA EXPOSIÇÃO “MÃOS QUE CONSTRÓEM A CONGADA”, REALIZADA NO CASARÃO DO TURISMO DE PIRACICABA-RUA DO PORTO, EM JULHO DE 2010 ESSE DOCUMENTÁRIO É TRABALHO DO CINEASTA NAAN SILVA QUE ESMEROU-SE EM DAR FORMA DE VÍDEO AO NOSSO GRUPO DE CONGADA…

NOVAMENTE A CONGADA SE SOBRESSAI E ENCANTA A TODOS QUE ASSITEM OS VÍDEOS… CONVIDO VOCES A SE ENCANTAREM TAMBÉM… 

 UM ABRAÇO A TODOS!

 ROBERTA LESSA

COORD.CONGADA

SEU FOLCLORE INTERIOR

BOM …
BOM DIA…
BOM DIA FOLCLORE…

FOLCLORE DIA BOM…
DIA BOM…
BOM…


TENHA UM ÓTIMA SEMANA, FOLCLORIZANDO A ALMA PARA QUE POSSAS RECONECTAR COM O MÍTICO QUE HABITA SEU SER… ASSIM SENDO, NOVA REALIDADE/REALIZAÇÃO SE CONFORMARÁ…

CONECÇÃO…
COMPREENSÃO…

TENHAMOS TODOS UMA ÓTIMA SEMANA, JAMAIS DEIXANDO DE REINVENTAR COTIDIANOS, INSERINDO NELES: DESEJOS, SONHOS, VERDADES, PRAZERES, ALCANCES, VIRTUDES, TORNANDO O INSÓLITO EM PAUPÁVEL, EM TANGÍVEL, EM REAL…

O FOLCLORE É REAL

SABER BRINCAR COM TEMORES IMPLÍCITOS INTERNAMENTE, É TRANSFORMAR OS MITOS EM FOLCLORE, É TRAZER À TONA A LUDICIDADE DA ALMA… SÊ FELIZ, PELO SIMPLES FATOS DE SER PARTE

DESSE TODO…
DESSE NADA…
DESSE TUDO…

 

PAZ, HARMONIA, SABEDORIA, EQUILIBRIO!

(FONTE: PIRACICABAEM FESTA-ADILSON ZAVARIZE)

ROBERTA LESSA

 

NESTE DOMINGO… DIA 22 DE AGOSTO DE 20101, A CONGADA DO DIVINO ESTPÍRITO SANTO DE PIRACICABA SE APRESENTARA NO III FÓRUM DA DEFESA DAS TRADIÇÕES PIRACICABANA – NAS DEPENDENCIAS DO PARQUE DO ENGENHO CENTRAL.

 

LUTO

D U R V A
A FALTA QUE VOCE NOS FAZ !

HOJE MEU CORAÇÃO ENTRELAÇA-SE DE MANSINHO COM A BRISA QUE TRAZ A NOTÍCIA DE UMA PESSOA QUE SE VAI… COM ESSA BRISA SINTO  QUE A ALMA  SE LIBERTA DE CORPO DOLORIDO, MARCADO PELA HISTÓRIA DE UMA VIDA, QUE PARA TANTOS NO MUNDO É NADA, MAS QUE PARA ALGUNS QUE ESTIVERAM PRESENTES NELA É MARCA VIVA DE EXISTENCIA…
MARCA VIVA DE EXISTENCIAS QUE ENTRELAÇADAS ENTRE SI CONSTRUIRAM VÍNCULOS, SEMEARAM AMIZADES, GERARAM AMORES EM FORMA DE CONVIVENCIA… MAGIA QUE POUCOS DETEM PODER, POIS É INDEFECTÍVEL, POIS PERDURA ATRAVÉS DO TEMPO; INDELÉVEL,  NUNCA SE APAGA, INTANGÍVEL AOS QUE DESCUIDAM DE REGAR DIA A DIA O FORTALECIMENTO DA TAL MAGIA DA AMIZADE.
 NÃO SE ATA COM CORDAS, CORRENTES, ESPINHOS… É INGLÓRIO O ESFORÇO DAQUELE QUE DESEJA PRENDER A AMIZADE… A ELA É NECESSÁRIO UM REGULAR EXERCÍCIO DE APRENDIZADO, ALIMENTANDO-A COM GESTOS COTIDIANOS… COM AÇÕES QUEMUITAS VEZES NEM SÃO DIÁRIAS, MAS VINCULADAS, ALICERSADAS,COM INTERESSE DE SE ESTAR JUNTO MESMO DE LONGE: VIVENCIA CONJUNTA.
HOJE COM OLHOS SALGADOS PELA DOR DE UM HIATO HUMANO QUE SE SOLIDIFICOU, MEU CORAÇÃO TAMBÉM MAREJA A FALTA DE MAIS UM SER DA FAMILIA DA CONGADA, MINHA FAMILIA DO CORAÇÃO, QUE SE VAI… FIM DAS DORES FÍSICAS, FIM DAS DORES DO ESPÍRITO, NADA NO LUGAR DESSE ESPAÇO, PROPOSITALMENTE HÁ DE JAMAIS SER PREENCHIDO POR OUTRO SER, MAS CONFESSO QUE DAREI LIVRE ACESSO AO AMOR NUTRIDO POR DURVALINA,ESSE SIM JÁ TEM CADEIRA CATIVA DENTRO DE MIM…

HOJE MEUS LÁBIOS EMUDECEM EM RESPEITO A ESSE SER QUE ESTARÁ SEMPRE PRESENTE EM NOSSAS “RODAS DE ORAÇÃO”, NOSSO DIVINOESPÍRITO SANTO COM SEUS DONS, COM SUA LUZ, ALUMIARÁ SEU CAMINHO DE VOLTA AO PAPAI DO CÉU, E A PADROEIRA DA CONGADA COM SEU M ANTO ESTRELADO ABARCARÁ AS DORES TRANSFORMANDO-AS EM FORÇA E CORAGEM PARA SEGUIR EM FRENTE… QUE DEUS SEJA SEMPRE POR NÓS QUE ESTAMOS DESTE LADO FÍSICO A APRENDER O VALOR DOS GANHOS E DAS PERDAS E QUE SEJA SEMPRE PELOS NOSSOS IRMÃOS QUE DEIXAM A CERTEZA  QUE MESMO EM SUA AUSÊNCIA ESTARÃO PRESENTE EM NOSSA MEMÓRIA AFETIVA.
ENFIM…

TODOS OS SENTIDOS AFLORADOS NO MOMENTOS, SOBRESSALTAM NO CORPO, E PROCURAM RECURSOS PARA SABER DEIXAR IR AQUELA QUE FORA UMA DE NÓS… EM ORAÇÃO PERCEBO QUE COMO EU ELA É LIVRE E MAIS AINDA NESTE MOMENTO,POIS VOLTOU AO SEU LAR DE ORIGEM…
SEMPRE COM KÁTIA AO LADO, NUMA DELICIOSA “RANZINZISSE” PECULIAR, ÚNICA,PESSOAL, INTRANSFERÍVEL, POR ISSO MUITO QUERIDA…  E ASSIM FOI…

KATIA

-“ÓH ROBERTA, TIRA UMA FOTO MINHA E DA  KÁTIA QUI NA SEMANA QUE VEM NÓIS VAMU PRA APARECIDA E EU QUERO LEVAR LÁ….”

POSE SÉRIA, PEÇO SORRISO, QUE EM KÁTIA É TÃO PRESENTE, POR TRAZ DA CÂ MERA, MOSTRO A LINGUA E FAÇO CARETA, NÃO RESISTE: DURVA SORRI, A PRINCÍPIO COM O OLHAR SÉRIO, DEPOIS, ACREDITANDO QUE FICARIA MELHOR PARA “APARECIDA” SE ELA DESSE RISADA… E ASSIM FOI…

DURVA

NUNCA FALTAVA AOS ENSAIOS E APRESENTAÇÕES, E QUANDO ERA ESTRITAMENTE NECESSÁRIO, TRÊS DIAS ANTES, CONTADINHOS ME LIGAVA E AVISAVA:

_”ÓH ROBERTA, NUM VÔ PODÊ Í NA CONGADA, CONTECE QUE NO SÁBADO….”

NESSA SEMANA FUI VÊ-LA NO HOSPITAL… BRAVA COMO SEMPRE, MEIO “CRIANÇA DE MAL”, NENEM  QUE DESEJAJA CARINHO E COLO, NADA FALOU APENAS CHOROU E ENTÃO PERCEBI QUE NESSE SÁBADO A GENTE IRIA SE ENCONTRAR… PELA ÚLTIMA VEZ… E ELA SEMPRE ME AVISAVA COM TRÊS DIAS DE ANTECEDENCIA! NESTE SÁBADO DONA DURVA LEVOU NOSSA BANDEIRA JUNTO COM ELA…

-“…” 

DURVALINA, NOSSA DURVA FOI  VELADA NO CEMITÉRIO DA VILA REZENDE  EM PIRACICABA, DIA 31 DE JULHO DE 2010, AOS SETENTA E TRÊS ANOS DE VIDA, HÁ QUARENTA E SETE ANOS NA CONGADA DO DIVINO ESPÍRITO SANTO DE PIRACICABA.



TRISTEZA SUPERA-SE COM O TEMPO, COM SAUDADE SENDO VELADA COM O CARINHO DA LEMBRANÇA. AUSENCIA NÃO SE PREENCHE, DEIXA VÁCUOS NO CORAÇÃO DA GENTE…(
ROBERTA LESSA)


SOBRE A CONGADA DE PIRACICABA:

Manifestação folclórica existente no município de Piracicaba-SP, que engloba música, dança, canto e religiosidade do Grupo de Congada do Divino Espírito Santo de Piracicaba (GRUCONDESPI).